Em retaliação a Caracas, EUA expulsam diplomatas venezuelanos

O Departamento de Estado norte-americano ordenou que dois diplomatas venezuelanos deixem o país em até 48 horas, em resposta à decisão da Venezuela de expulsar dois enviados norte-americanos; "Essa ação é em resposta à decisão do regime (do presidente Nicolás) Maduro de declarar o encarregado de negócios e o chefe adjunto da missão da embaixada dos Estados Unidos em Caracas como personas non gratas", disse o Departamento de Estado 

Embaixada dos EUA em Caracas 28/07/2017 REUTERS/Marco Bello
Embaixada dos EUA em Caracas 28/07/2017 REUTERS/Marco Bello (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O Departamento de Estado norte-americano informou na noite de quarta-feira que ordenou que dois diplomatas venezuelanos deixem os Estados Unidos dentro das próximas 48 horas, em resposta à decisão da Venezuela de expulsar dois enviados norte-americanos.

Os diplomatas venezuelanos são o encarregado de negócios da embaixada da Venezuela em Washington e o vice-cônsul-geral do consulado venezuelano em Houston, informou o Departamento de Estado dos EUA em comunicado.

"Essa ação é em resposta à decisão do regime (do presidente Nicolás) Maduro de declarar o encarregado de negócios e o chefe adjunto da missão da embaixada dos Estados Unidos em Caracas como personas non gratas", disse o Departamento de Estado dos EUA.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247