Em saudação pelo Ano Novo Chinês, Xi Jinping defende revitalização da nação

O presidente chinês, Xi Jinping, fez em nome do Comitê Central do Partido Comunista da China e do Conselho de Estado, uma saudação à população pelo transcurso do Ano Novo Chinês, ou Festa da Primavera, destacando a luta pelo rejuvenescimento da nação como meta estratégica

O presidente Xi Jinping saúda o povo pela passagem do Ano Novo Chinês
O presidente Xi Jinping saúda o povo pela passagem do Ano Novo Chinês (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da República Popular da Chia, Xi Jinping, que é também secretário-geral do Comitê Central do Partido Counista da China (PCCh) e presidente da Comissão Militar Central, fez um discurso em evento no Grande Palácio do Povo, saudando os chineses de todos os grupos étnicos, compatriotas em Hong Kong, Macau e Taiwan, e os chineses no exterior, pela passagem da Festa da Primavera, ou Ano Novo Lunar Chinês, que este ano é no dia 12 de fevereiro este ano.

Alcançar a primeira meta centenária de concluir a construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos é um grande êxito de importância histórica, observou Xi, segundo a Xinhua.

Exigindo as virtudes de modéstia e prudência, Xi pediu esforços para realizar a segunda meta centenária e a grande revitalização da nação chinesa, e dar novas e maiores contribuições à nobre causa de assegurar a paz e o desenvolvimento para toda a humanidade.

Os líderes do Partido e do Estado, Li Keqiang, Li Zhanshu, Wang Yang, Wang Huning, Zhao Leji, Han Zheng e Wang Qishan estiveram presentes na recepção. Li Keqiang presidiu o evento.

Xi resumiu as principais conquistas do país em 2020 sob a liderança do Partido, incluindo ser um dos primeiros países a controlar a epidemia da covid-19, assumir a liderança entre as principais economias em atingir o crescimento econômico positivo, fazer um progresso histórico na construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos e no cumprimento das tarefas de alívio da pobreza conforme programado.

O país também obteve sucesso de uma série de projetos-chave de inovação científica e tecnológica, um sólido progresso no avanço da Iniciativa do Cinturão e Rota e a conclusão bem-sucedida da implementação do 13º Plano Quinquenal, bem como o crescente apoio global para a construção de uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade, disse Xi.

Os fatos provaram mais uma vez que o sistema do socialismo com características chinesas tem vitalidade e criatividade incomparáveis, observou Xi.

Desde que o Partido inteiro e o povo chinês de todos os grupos étnicos se unam em torno do Comitê Central do PCCh, não haverá dificuldade que não poderá ser superada, disse ele.

Em 2021, deverão ser envidados esforços para consolidar e ampliar os resultados obtidos na contenção da epidemia e no desenvolvimento socioeconômico, frisou Xi, exigindo um bom início na promoção do desenvolvimento do país durante o período do 14º Plano Quinquenal (2021-2025) para celebrar o centenário do Partido com grandes conquistas.

Tendo completado uma jornada gloriosa de 100 anos, o PCCh se tornou o maior partido marxista de liderança no mundo que está no poder por mais de 70 anos no maior país socialista do mundo, disse Xi.

O centenário testemunha o Partido, com mais de 91 milhões de membros, em seu auge com o amplo apoio de 1,4 bilhão de chineses, acrescentou.

O Partido permanecerá invencível desde que esteja na vanguarda dos tempos, lidere a responsabilidade de superar as dificuldades e desafios, e se enraíze entre o povo, disse Xi.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email