Embaixador russo descarta guerra nuclear com os EUA

"Eu não compartilho da opinião de que o risco de uma guerra nuclear é alto hoje, porque, mesmo com as discrepâncias atuais, penso que em ambos os países as pessoas são sensatas o suficiente para não permitir isso”, disse o embaixador russo em Washington, Sergei Kislyak; no entanto, o simples fato desse tema estar sendo debatido revela o grau de tensão entre as duas potências

"Eu não compartilho da opinião de que o risco de uma guerra nuclear é alto hoje, porque, mesmo com as discrepâncias atuais, penso que em ambos os países as pessoas são sensatas o suficiente para não permitir isso”, disse o embaixador russo em Washington, Sergei Kislyak; no entanto, o simples fato desse tema estar sendo debatido revela o grau de tensão entre as duas potências
"Eu não compartilho da opinião de que o risco de uma guerra nuclear é alto hoje, porque, mesmo com as discrepâncias atuais, penso que em ambos os países as pessoas são sensatas o suficiente para não permitir isso”, disse o embaixador russo em Washington, Sergei Kislyak; no entanto, o simples fato desse tema estar sendo debatido revela o grau de tensão entre as duas potências (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik – Os líderes da Rússia e os Estados Unidos possuem bom senso o suficiente para não arriscar um conflito nuclear, disse nesta terça-feira o embaixador russo em Washington, Sergei Kislyak.

"Eu não compartilho da opinião de que o risco de uma guerra nuclear é alto hoje, porque, mesmo com as discrepâncias atuais, penso que em ambos os países as pessoas são sensatas o suficiente para não permitir isso”, disse Kislyak durante um discurso na Universidade John Hopkins (Baltimore, Maryland).

Ao mesmo tempo, o diplomata constatou que "todos os canais normais de cooperação entre os dois estados são congelados”.

O diplomata lembrou que a Rússia e os EUA já contaram com uma comissão bilateral, composta por 21 grupos de trabalho com foco em ciência, tecnologia, militar e questões nucleares, entre outros assuntos, e que não existe mais.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247