Enfermeiro britânico infectado por ebola recebe alta

"Tenho muita sorte", disse William Pooley, que trabalhava em Serra Leoa e recebeu alta nesta quarta-feira 3 do hospital londrino em que estava internado; ele se recuperou após tratamento com o medicamento experimental Zmapp

Trabalhadores do MSF preparam campo de isolamento em Monróvia. 23/08/2014 REUTERS/2Tango
Trabalhadores do MSF preparam campo de isolamento em Monróvia. 23/08/2014 REUTERS/2Tango (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

O enfermeiro britânico infectado pelo ebola quando trabalhava em Serra Leoa, recebeu alta hoje (3) do hospital londrino em que estava internado e onde se recuperou da doença, após tratamento com o medicamento experimental Zmapp. "Tenho muita sorte", disse William Pooley, que trabalhou numa das áreas mais atingidas do continente africano, onde acabou contraindo o vírus.

O britânico disse que sentiu alguns "sintomas desagradáveis", mas nada comparado com o destino de cerca de 1,5 mil dos 3 mil pacientes com a doença até ao momento, que "acabaram morrendo".

O enfermeiro foi levado para o Royal Free Hospital - no norte de Londres, que é a única unidade na cidade com isolamento de "alto nível" e preparada para acolher pacientes com ebola. O transporte do paciente foi feito por um avião C17 da Força Aérea britânica especialmente equipado.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247