Erdogan diz que EUA pressionam para desestabilizar a Turquia

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, denuncia uma operação de desestabilização cambial contra seu país, a partir das tensões econômicas com os Estados Unidos

Erdogan diz que EUA pressionam para desestabilizar a Turquia
Erdogan diz que EUA pressionam para desestabilizar a Turquia (Foto: REUTERS/Umit Bektas)

247, com HispanTV - O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, denuncia uma operação de desestabilização cambial contra seu país, a partir das tensões econômicas com os Estados Unidos.

"A instabilidade na taxa de câmbio é uma operação contra meu país (...) Não é necessário ser gênio para ver que há um ataque contra a Turquia", disse nesta sexta-feira (31) Erdogan, para em seguida prometer que Ancara superará o ataque. "A volatilidade da lira (moeda nacional tuca) passará", assegurou.

O discurso foi feito em uma solenidade de formatura militar, ocasião em que Erdogan disse também que a Turquia está tomando as medidas necessárias em resposta à desvalorização da lira e que os resultados concretos destes passos estão começando a ser percebidos .

Por seu turno, o ministro turco das Finanças e do Tesouro, Berat Albayrak, já tinha destacado dias antes os esforços do governo turco para controlar a inflação e frear a alta dos preços.

A "anomalia do mercado" que a Turquia está vivendo - disse Albayrak - se deve às medidas punitivas de Washington contra seu país pela detenção desde outubro de 2016 de Andrew Brunson, acusado na Turquia de terrorismo e espionagem.

Nesse sentido, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou sua decisão de elevar as tarifas sobre as importações de aço e alumínio turcos em até 50% e 20 %, respectivamente, diante da negativa de Ancara de libertar Brunson.

Em resposta a tais sanções, a Turquia ordenou congelar os bens dos secretários estadunidenses da Justiça e do Interior dos EUA, e aumentou as tarifas sobre vários produtos estadunidenses.

O próprio Erdogan atribuiu há alguns dias a um "complô" de Washington a desvalorização da lira turca. Ademais, assegurou que Ancara está disposta a descartar o dólar em suas transações comerciais internacionais, em represália pelas pressões econômicas dos Estados Unidos.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247