Erdogan pede às organizações internacionais sanções à Holanda

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, pediu neste domingo às organizações internacionais que imponham sanções à Holanda, enquanto uma disputa diplomática sobre a campanha política de Ancara entre os imigrantes turcos na Europa continua a ferver; no sábado, um ministro turco foi impedido de entrar na Holanda; a tensão diplomática entre os dois países só aumenta

Presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, discursa no palácio presidencial em Ancara. 26/11/2015 REUTERS/Umit Bektas
Presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, discursa no palácio presidencial em Ancara. 26/11/2015 REUTERS/Umit Bektas (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, pediu neste domingo às organizações internacionais que imponham sanções à Holanda, enquanto uma disputa diplomática sobre a campanha política de Ancara entre os imigrantes turcos na Europa continua a ferver.

Falando em um evento na província de Kocaeli, perto de Istambul, Erdogan disse que a Holanda estava agindo como uma "república de bananas", e criticou os países europeus por não criticar o tratamento da Holanda aos ministros turcos.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247