Escracho e protesto em Davos para Bolsonaro e Netanyahu

Antes mesmo de chegar em Davos, o presidente extremista brasileiro Jair Bolsonaro já era aguardado com protestos; um cartaz com as fotos do premiê israelense Benjamin Netanyahu e Bolsonaro com os dizeres "Não são bem-vindos" emergiu nas manifestações de praxe que precedem o Fórum Internacional; será a primeira viagem internacional de Bolsonaro como presidente eleito

Escracho e protesto em Davos para Bolsonaro e Netanyahu
Escracho e protesto em Davos para Bolsonaro e Netanyahu (Foto: Alan Santos/PR | Rrprodução | Reuters)

247 - Antes mesmo de chegar em Davos, o presidente extremista brasileiro Jair Bolsonaro já era aguardado com protestos. Um cartaz com as fotos do premiê israelense Benjamin Netanyahu e Bolsonaro com os dizeres "Não são bem-vindos" emergiu nas manifestações de praxe que precedem o Fórum Internacional. Será a primeira viagem internacional de Bolsonaro como presidente eleito. 

A reportagem do portal UOL destaca a partida do presidente: "o presidente Jair Bolsonaro (PSL) embarcou neste domingo (20) na base aérea de Brasília rumo à reunião do Fórum Econômico Mundial, na cidade suíça de Davos. Esta será a primeira viagem internacional após o presidente tomar posse no cargo. O Fórum Econômico Mundial reúne empresários e lideranças das principais economias do mundo."

Segundo a matéria, "Bolsonaro partiu em voo da FAB acompanhado dos ministros Paulo Guedes (Economia), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Sergio Moro (Justiça) e Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência). O embarque ocorreu por volta de 22h na base aérea de Brasília. Em uma cerimônia simbólica, Bolsonaro passou a Presidência ao vice Antônio Hamilton Mourão (PRTB). Ele se torna presidente em exercício quando a aeronave da FAB deixar o espaço aéreo brasileiro nas próximas horas."

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247