Escritor Jeffrey Toobin é suspenso após se masturbar em chamada de vídeo ao vivo

O autor e comentarista Jeffrey Toobin foi suspenso pela revista norte-americana New Yorker após se expor sexualmente durante uma reunião virtual pela plataforma Zoom

Jeffrey Toobin
Jeffrey Toobin (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O autor e comentarista Jeffrey Toobin foi suspenso pela revista norte-americana New Yorker após se expor sexualmente durante uma reunião virtual pela plataforma Zoom, segundo relata a revista Vice. A informação é do portal UOL. 

Segundo a reportagem, a reunião era uma simulação para a cobertura das eleições presidenciais dos Estados Unidos. Dois funcionários que participavam flagraram Toobin se masturbando em frente à câmera.

Dentro da simulação de cenário com figurantes como republicanos, democratas, apoiadores e representantes de tribunais, houve uma pausa de 10 minutos, quando as duas fontes perceberam que o escritor estava participando de outra chamada de vídeo e fez a exposição.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247