Espanha avança em plano para suspender autonomia da Catalunha

Primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, deu o primeiro passo para ativar o artigo 155 da Constituição espanhola, que permitirá que ele suspenda a autonomia política da Catalunha e tome controle da região; "O governo concordou em exigir formalmente que o governo catalão confirme se declarou ou não a independência", disse Rajoy;  "A resposta do presidente catalão determinará os eventos futuros, nos próximos dias", completou

Primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, durante pronunciamento televisionado em bar, em Barcelona 11/10/2017 REUTERS/Susana Vera
Primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, durante pronunciamento televisionado em bar, em Barcelona 11/10/2017 REUTERS/Susana Vera (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, deu nesta quarta-feira o primeiro passo para ativar o artigo 155 da Constituição espanhola, que permitirá que ele suspenda a autonomia política da Catalunha e tome controle da região.

"O governo concordou em exigir formalmente que o governo catalão confirme se declarou ou não a independência", disse Rajoy, em pronunciamento televisionado.

"A resposta do presidente catalão determinará os eventos futuros, nos próximos dias", disse, acrescentando que continuará a agir de maneira "cuidadosa e responsável".

Essa exigência formal é necessária para ativar o artigo 155, embora a Constituição não estabeleça um prazo específico para a resposta.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247