EUA anunciam envio de mais militares à fronteira com México

O departamento de Defesa dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira (29) o envio de mais 320 soldados à fronteira com o México para apoiar os agentes de imigração; nos últimos meses, milhares de imigrantes chegaram ao México, especialmente centro-americanos; o presidente norte-americano, Donald Trump, descreve este movimento como uma ameaça à segurança nacional

EUA anunciam envio de mais militares à fronteira com México
EUA anunciam envio de mais militares à fronteira com México
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

AFP - O departamento de Defesa dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira (29) o envio de mais 320 soldados à fronteira com o México para apoiar os agentes de imigração.

As tropas, que devem chegar à fronteira até o final de setembro, se somarão aos cerca de 2.900 militares e 2.000 membros da Guarda Nacional atualmente estacionados na fronteira.

O porta-voz do Pentágono, coronel Jamie Davis, disse que as tropas auxiliarão no transporte, monitoramento da saúde e custódia dos imigrantes, incluindo sua alimentação e aquecimento.

"Em qualquer situação que exija a presença do pessoal do departamento de Defesa próximo aos imigrantes, o pessoal da ordem pública do departamento de Segurança Interna (DHS, Department of Homeland Security) estará presente para realizar todas as funções de custódia e de cumprimento da lewi", destacou Davis.

Nos últimos meses, milhares de imigrantes chegaram ao México, especialmente centro-americanos.

O presidente norte-americano, Donald Trump, descreve este movimento como uma ameaça à segurança nacional.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247