EUA anunciam exercícios militares no Paraguai, na fronteira com o Brasil


Sputinik – Os Estados Unidos realizarão vários exercícios militares conjuntos no Paraguai nos próximos dois anos, incluindo um exercício regional de resposta a crises, disseram o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, em um comunicado conjunto após o encontro na Casa Branca.

"O presidente Trump anunciou que os EUA oferecerão dois eventos de treinamento conjunto de forças combinadas no Paraguai em 2020 e 2021, e o Comando Sul dos EUA executará um exercício regional de crise, o Resposta Fundida, no Paraguai, em 2021", afirmou o comunicado nesta sexta.

Os dois líderes discutiram questões de segurança regional e reiteraram seu apoio ao líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e à presidente interina boliviana Jeanine Añez.

Washington e Assunção trabalharão através do Acordo de Comércio e Investimento para impulsionar o comércio e o investimento bilaterais no Paraguai, prosseguiu o comunicado.

As autoridades reguladoras do Departamento de Agricultura dos EUA estão trabalhando com colegas paraguaios em uma tentativa de abrir acesso ao mercado de carne bovina e produtos de origem bovina, assim que a segurança alimentar puder ser totalmente garantida, acrescentou.

Também lê:

Em raro sermão, Khamenei diz que Irã pode levar luta para além de suas fronteiras

A Guarda Revolucionária pode levar sua luta para além das fronteiras do Irã, disse o líder supremo nesta sexta-feira (17), reagindo...

Lavrov: ao menos 6 caças F-35 estavam perto da fronteira iraniana após Irã ter atacado bases dos EUA

O ministro interino das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, afirmou nesta sexta-feira (17) que antes da derrubada do avião...

Em discurso na Unesco, Alvim já flertou com referências totalitárias

O jornalista Jamil Chade denuncia que Roberto Alvim, ex-secretário de Bolsonaro, já discursou na Unesco usando referências totalitárias....

Embaixada da Alemanha sobre Alvim: nos opomos a qualquer tentativa de glorificar o nazismo

Diante do vídeo feito pelo ex-secretário da Cultura de Jair Bolsonaro Roberto Alvim, no qual ele cita o ideólogo nazista Joseph Goebbels,...

Brasil e Cuba em 2020: amigos ou inimigos?

Para o cônsul-geral de Cuba em São Paulo, Embaixador Pedro Monzón, situações passageiras não quebram laços estreitos como os existentes...