EUA confirmam terceiro caso de coronavírus no país e marcam retirada de cidadãos de Wuhan

Paciente infectado é homem que esteve em Wuhan, epicentro da epidemia que já deixou 56 mortos e cerca de 2.000 infectados; governo declarou que está organizando um único voo fretado para retirar diplomatas e um número limitado de cidadãos americanos de cidades atingidas pelo coronavírus na China

(Foto: Russia Today)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um terceiro caso de coronavírus foi confirmado neste sábado (25) nos Estados Unidos. Segundo a Agência de Saúde de Orange County, na Califórnia, a pessoa afetada é um homem que esteve em Wuhan, epicentro da epidemia na China. A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) confirmaram que o paciente apresentou resultado positivo para corona vírus. Ele foi isolado em um hospital local e sua condição não é grave.

Voo

O Departamento de Estado dos EUA confirmou neste domingo (26/1) que está organizando um único voo fretado para retirar diplomatas e um número limitado de cidadãos americanos de cidades atingidas pelo coronavírus na China, partindo da cidade de Wuhan, ponto central da doença.

Em um e-mail endereçado aos cidadãos dos EUA que vivem na China, o Departamento de Estado disse que um voo deixaria Wuhan na terça-feira e voaria para São Francisco. Convidou os americanos com passaporte válido para entrar em contato com a Embaixada dos EUA em Pequim. Espera-se que os cidadãos paguem mais tarde os custos de viagem, diz o aviso. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247