EUA enviam alerta sobre violência em ato da Copa

Consulado geral do país em São Paulo enviou e-mail aos cidadãos americanos aconselhando para "evitar protestos e áreas com grande concentração de pessoas" em passagem pelo Brasil; mensagem foi feita na véspera do chamado Não Vai Ter Copa, realizado no centro da capital paulista

Consulado geral do país em São Paulo enviou e-mail aos cidadãos americanos aconselhando para "evitar protestos e áreas com grande concentração de pessoas" em passagem pelo Brasil; mensagem foi feita na véspera do chamado Não Vai Ter Copa, realizado no centro da capital paulista
Consulado geral do país em São Paulo enviou e-mail aos cidadãos americanos aconselhando para "evitar protestos e áreas com grande concentração de pessoas" em passagem pelo Brasil; mensagem foi feita na véspera do chamado Não Vai Ter Copa, realizado no centro da capital paulista (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O consulado geral dos Estados Unidos em São Paulo enviou um alerta aos americanos com viagem prevista ao Brasil para alertar sobre os riscos de violência em manifestações previstas contra a Copa do Mundo.

O aviso, feito por e-mail, foi feito na véspera do protesto do sábado, no centro de São Paulo e aconselhava aos cidadãos americanos "evitar protestos e áreas com grande concentração de pessoas".

A manifestação, chamada Não Vai Ter Copa, reuniu cerca de mil pessoas. Por volta das 19h30, a polícia entrou em ação diante de atos de vandalismo na Rua Xavier de Toledo, no centro da capital paulista. A corporação utilizou pela primeira vez o chamado Batalhão Ninja, com soldados especializados em artes marciais, e isolou o grupo radical dos demais manifestantes. Ação resultou na prisão de 230 pessoas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email