EUA expulsam diplomatas e fecham instalações russas no país

Estados Unidos expulsaram 35 diplomatas russos e fecharam duas instalações russas em Nova York e Maryland, em resposta a uma campanha de assédio da Rússia contra diplomatas norte-americanos em Moscou; diplomatas russos terão 72 horas para deixar os Estados Unidos e o acesso às instalações serão negadas a todas as autoridades russas a partir do meio-dia da sexta-feira

U.S. President Barack Obama (R) meets with Russian President Vladimir Putin during the 70th session of the United Nations General Assembly at the U.N. Headquarters in New York, September 28, 2015. REUTERS/Kevin Lamarque
U.S. President Barack Obama (R) meets with Russian President Vladimir Putin during the 70th session of the United Nations General Assembly at the U.N. Headquarters in New York, September 28, 2015. REUTERS/Kevin Lamarque (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - Os Estados Unidos expulsaram nesta quinta-feira 35 diplomatas russos e fecharam duas instalações russas em Nova York e Maryland, em resposta a uma campanha de assédio da Rússia contra diplomatas norte-americanos em Moscou, disse uma autoridade sênior dos Estados Unidos nesta quinta-feira.

A autoridade norte-americana, falando em condição de anonimato, disse à Reuters que os diplomatas russos terão 72 horas para deixar os Estados Unidos. O acesso às instalações serão negadas a todas as autoridades russas a partir do meio-dia na sexta-feira, acrescentou a autoridade.

"Estas ações foram tomadas em resposta ao assédio russo a diplomatas norte-americanos e ações dos diplomatas que avaliamos não terem sido consistentes com a prática diplomática", disse a autoridade à Reuters.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247