EUA fomentam instabilidade regional e destroem a paz mundial, afirma China

Em resposta à declaração do Pentágono sobre o desenvolvimento militar da China, o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Wu Qian, observou que os EUA violam o direito internacional e destroem a paz mundial

Bandeiras dos Estados Unidos e da China
Bandeiras dos Estados Unidos e da China (Foto: REUTERS/Aly Song)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - A China afirmou que os Estados Unidos representam a maior ameaça à ordem internacional e à paz mundial.

"Muitos anos de evidências mostram que são os EUA que fomentam a instabilidade regional, violam a ordem internacional e destroem a paz mundial", declarou o porta-voz chinês, coronel Wu Qian, adicionando que as ações norte-americanas no Iraque, na Síria, Líbia e outros países durante as últimas décadas causaram a morte de mais de 800.000 pessoas e o deslocamento de milhões.

O porta-voz também afirmou que Washington, ao invés de emitir relatórios e fazer declarações falsas sobre a China, deveria refletir sobre si mesmo para "tomar medidas concretas para assegurar o desenvolvimento saudável das relações militares bilaterais".

Anteriormente, o Pentágono sugeriu em um relatório anual que a China pretende duplicar seu arsenal de ogivas nucleares durante esta década.

O Departamento de Defesa norte-americano assegurou que a modernização e expansão das forças nucleares do país asiático é parte de um esforço de Pequim para superar os EUA e se tornar a potência dominante até 2049.

Por sua vez, Wu qualificou o relatório dos EUA como "distorção gratuita" dos objetivos da China e da relação entre o Exército de Libertação Popular (ELP) e os habitantes do país.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247