EUA fomentam terrorismo no Oriente Médio, afirma líder iraniano

O presidente iraniano Hassan Rouhani reafirmou que Teerã não é responsável pelo ataque de drones às refinarias da Arábia Saudita, dizendo que as acusações contra seu país são "infundadas" e que são os EUA que contribuem para o terrorismo no Oriente Médio

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Em entrevista à Fox News, nesta terça-feira (24), Rouhani falou sobre o ataque sofrido pelas instalações petrolíferas sauditas e afirmou que os EUA deveriam se sentir envergonhados, já que seus sistemas de defesa aérea Patriot foram incapazes de impedi-lo.

"Hoje, infelizmente, a América é quem apoia o terrorismo em nossa região e, onde quer que a América tenha ido, o terrorismo se expandiu em sua esteira", destacou o líder iraniano.

Quando questionado sobre o discurso do presidente americano Donald Trump na Assembleia Geral da ONU, durante a qual o inquilino da Casa Branca falou da "sede de sangue do Irã", o líder iraniano indicou que são os EUA quem contribuem para o aumento do terrorismo no Oriente Médio,, dando como exemplo as operações militares de Washington na Síria.

"O país que está presente, sobrevoa e bombardeia o território da Síria sem a permissão do governo são os Estados Unidos", afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email