EUA querem um Brasil mais severo contra a Síria

A questo deve ser discutida entre Dilma e Obama na visita da presidente Washington, no dia 9 de abril. Ontem, dezenas de pessoas foram mortas em um subrbio da cidade de Homs

EUA querem um Brasil mais severo contra a Síria
EUA querem um Brasil mais severo contra a Síria (Foto: Roberto Stuckert Filho/Divulgação)

247 com agências internacionais - Os Estados Unidos querem uma postura mais severa do Brasil contra o regime da Síria para a saída do presidente do poder. "Obviamente queríamos observar que o Brasil trabalha conosco e com os demais países em ajudar a pressionar Assad", disse o subsecretário de Assuntos Públicos do Departamento de Estado americano, Mike Hammer.

Segundo o porta-voz do Departamento de Estado, a questão síria pode ser um dos temas a serem discutidos durante a visita da presidente Dilma, no dia 9 de abril, a Washington.

Nas últimas horas, dezenas de pessoas foram mortas em um subúrbio da cidade de Homs, no oeste do país, no que ativistas estão descrevendo como um "novo massacre". Segundo relatos do Comitê de Coordenação Local (CCL), entre as dezenas de mortos, 20 deles pertenciam a uma só família.

Os supostos assassinatos acontecem um dia depois que a chefe para questões humanitárias da ONU, Valerie Amos, visitou Homs e disse que partes da cidade foram "devastadas". (Com informações da AFP e Efe)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247