EUA registram mais um tiroteio em escola

Polícia está investigando o tiroteio na escola secundária Great Mills High School no estado norte-americano de Maryland; tiroteio deixou vários feridos, segundo a emissora NBC; um estudante da escola disse à mídia local que sete pessoas ficaram feridas e pelo menos uma pessoa morreu; incidente ocorreu um mês depois do tiroteio na escola secundária Stoneman Douglas em Parkland (Flórida), que foi um dos mais mortíferos da história dos EUA e deixou 17 mortos e 24 feridos

Polícia está investigando o tiroteio na escola secundária Great Mills High School no estado norte-americano de Maryland; tiroteio deixou vários feridos, segundo a emissora NBC; um estudante da escola disse à mídia local que sete pessoas ficaram feridas e pelo menos uma pessoa morreu; incidente ocorreu um mês depois do tiroteio na escola secundária Stoneman Douglas em Parkland (Flórida), que foi um dos mais mortíferos da história dos EUA e deixou 17 mortos e 24 feridos
Polícia está investigando o tiroteio na escola secundária Great Mills High School no estado norte-americano de Maryland; tiroteio deixou vários feridos, segundo a emissora NBC; um estudante da escola disse à mídia local que sete pessoas ficaram feridas e pelo menos uma pessoa morreu; incidente ocorreu um mês depois do tiroteio na escola secundária Stoneman Douglas em Parkland (Flórida), que foi um dos mais mortíferos da história dos EUA e deixou 17 mortos e 24 feridos (Foto: Paulo Emílio)

Sputnik - A polícia está investigando o tiroteio na escola secundária Great Mills High School no estado norte-americano de Maryland.

O tiroteio deixou vários feridos, informou a emissora NBC.

"Houve um tiroteio na escola secundária Great Mills. A escola está fechada e o acidente foi controlado", anunciou uma mensagem publicada no site da escola.

Por enquanto, não há informação confirmada sobre vítimas.

Um estudante da escola disse à mídia local que sete pessoas ficaram feridas e pelo menos uma pessoa morreu.

O governador de Maryland, Larry Hogan, informou em sua conta no Twitter que está monitorando a situação. As pessoas são instruídas a seguir as instruções da polícia local.

O incidente ocorreu um mês depois do tiroteio na escola secundária Stoneman Douglas em Parkland (Flórida), que foi um dos mais mortíferos da história dos EUA e deixou 17 mortos e 24 feridos.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247