Evo dormiu no chão antes de ir para o exílio

O presidente deposto da Bolívia, Evo Morales, líder popular do Movimento ao Socialismo, o chefe de Estado e Governo que transformou um dos mais pobres países do mundo numa nação em crescimento e promotora da justiça social, passou sua primeira noite depois do golpe de Estado dormindo no chão

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Assim foi minha primeira noite depois de deixar a presidência forçado pelo golpe de Mesa e Camacho com ajuda da Polícía", escreveu no Twitter o presidente deposto da Bolívia, Evo Morales.  

Evo foi presidente do Estado Plurinacional boliviano durante 13 anos, um líder popular e socialista, que promoveu importantes mudanças políticas, econômicas e sociais, num dos países mais pobres do mundo. 

Ele também se destacou como um estadista querido por seus pares na região latino-americana e caribenha e no concerto das nações do mundo.   

"Assim recordei os tempos de dirigente. Muito agradecido aos meus irmãos das federações do  Trópico de Cochabamba por brindar-nos segurança e cuidado", finalizou Evo sua mensagem pelo Twitter.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247