Evo: enquanto Cuba salva vidas com seus médicos, EUA invadem países

Ex-presidente boliviano echaçou postura dos EUA, que classificou Cuba “como Estado patrocinador do terrorismo”

(Foto: © REUTERS/David Mercado/Direitos Reservados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, usou sua conta no Twitter nesta terça-feira (12) para condenar a postura dos EUA, que classificou Cuba “como Estado patrocinador do terrorismo”.


Durante meses se especulou sobre a possibilidade de incluir Cuba na lista unilateral do Departamento de Estado que qualifica países, sem mandato ou legitimidade, sem motivação genuína, referindo-se ao terrorismo e suas consequências, e como instrumento de difamação. aplicar medidas econômicas coercitivas contra as nações que resistem a ceder aos caprichos do imperialismo norte-americano.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247