Evo Morales acusa EUA de cumplicidade em golpe na Bolívia

Ex-presidente reage a pedido de limitação de atividades políticas, como acontecia nos tempos do Plano Condor

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do jornal GGN – O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, reagiu ao pedido dos Estados Unidos para a Argentina limitar as suas atividades, acusando o país de cumplicidade com o golpe de Estado realizado em 10 de novembro.

Em sua conta no Twitter, Morales garantiu que “a cumplicidade dos Estados Unidos” com o golpe de Estado na Bolívia é “evidente”. Segundo o site Sputnik News Brasil, o pronunciamento de Morales foi uma reação ao pedido feito pela embaixada norte-americana em Buenos Aires para que a Argentina limite o status de asilo político do ex-presidente, tal qual nos tempos do Plano Condor.

Leia a íntegra no GGN

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247