Evo Morales denuncia fraude para manter direita no poder na Bolívia

O ex-presidente, deposto por um golpe militar, denunciou que a direita está manipulando as eleições de maio no país e que se seu partido - MAS - ganhar “haverá o golpe”

Ex-presidente da Bolívia, Evo Morales
Ex-presidente da Bolívia, Evo Morales (Foto: REUTERS/Rodrigo Urzagasti)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente da Bolívia Evo Morales denuncia possibilidade de manipulação das eleições de maio pela direita ou a realização de um novo golpe de Estado, caso seu partido, o Movimento ao Socialismo (MAS), vença as eleições, afirma reportagem d’O Globo.
Evo sofreu um golpe em novembro do ano passado, quando a direita acusou-o de ter fraudado as eleições, o que, como comprova pesquisa da Massachusetts Institute of Technology (MIT), era apenas um pretexto para derrubar o governo eleito democraticamente.

Em entrevista à agência de notícia Reuters, o ex-presidente da Bolívia acusou a direita e os Estados Unidos de impedirem sua candidatura presidencial e ao Senado e de tentar manter o MAS longe do poder.

“Eles investiram muito, duvido que a direita boliviana, apoiada pelos Estados Unidos, fique no governo por (apenas) seis ou sete meses. Temos certeza de que vamos vencer as eleições. Somente uma fraude ou um golpe pode frustrar nossa vitória”, disse Morales à Reuters. “Se vencermos, haverá o golpe”, reforça o boliviano.

Atualmente, após ele mesmo ser invalidado pela Justiça Eleitoral para disputar as eleições, Morales está apoiando seu ex-ministro da Economia, Luis Arce, como candidato à presidência. Ele atualmente lidera as pesquisas de intenção de voto - seguido pelos golpistas, Carlos Mesa e Jeanine Añez, atual presidente interina.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247