Evo Morales pede à polícia e às Forças Armadas que cumpram seu papel institucional

Ex-ministro da Economia de Evo e grande responsável pela estatização das empresas de gás, Luiz Arce lidera as pesquisas e foi o primeiro a votar: "Confiando que este dia se desenvolverá em paz e tranquilidade"

Luis Arce
Luis Arce (Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Exilado na Argentina após ser violentamente tirado do poder por um golpe militar no ano passado, Evo Morales exortou a polícia e as Forças Armadas da Bolívia a cumprirem “seu importantíssimo papel institucional e constitucional” nas eleições que acontecem no país neste domingo (18).

“Conclamo as Forças Armadas e a Polícia Boliviana a cumprirem fielmente seu importantíssimo papel institucional e constitucional”, afirmou Evo, pedindo aos bolivianos, especialmente aos apoiadores do MAS (Movimiento al Socialismo), que não caiam em “provocações”.

“Quero pedir-lhes que não caia em qualquer tipo de provocação. A grande lição que nunca devemos esquecer é que a violência só gera violência e que com ela todos perdemos”, tuitou.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247