Ex-FBI descreve Trump como chefe mafioso

O ex-diretor da polícia federal norte-americana (FBI) James Comey acusou o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de ser "desapegado da verdade", denunciando uma liderança "guiada pelo ego e apoiada em lealdades pessoais"

O ex-diretor da polícia federal norte-americana (FBI) James Comey acusou o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de ser "desapegado da verdade", denunciando uma liderança "guiada pelo ego e apoiada em lealdades pessoais"
O ex-diretor da polícia federal norte-americana (FBI) James Comey acusou o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de ser "desapegado da verdade", denunciando uma liderança "guiada pelo ego e apoiada em lealdades pessoais" (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-diretor da polícia federal norte-americana (FBI) James Comey acusou o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de ser "desapegado da verdade", denunciando uma liderança "guiada pelo ego e apoiada em lealdades pessoais".

No livro "Uma lealdade mais elevada", ele diz que "a presidência de Donald Trump ameaça muito do que é bom nesta nação". O livro, com fortes acusações contra Trump, surge 11 meses depois do afastamento de Comey da direção do FBI.

Comey vê Trump como uma figura mafiosa que tenta ultrapassar a linha entre a aplicação da lei e a política. O ex-dirigente diz ter sido pressionado pessoalmente pelo presidente americano a respeito da sua investigação sobre a interferência da eleição russa.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247