Ex-presidente colombiano diz que Trump é fator de perturbação na América Latina

"Há um novo fator de perturbação na região que é a chegada do senhor Donald Trump à presidência dos EUA, com um agenda absolutamente contrária à América Latina", disse nesta terça-feira (12) o ex-presidente da Colômbia, Ernesto Samper, em entrevista coletiva em La Paz, Bolívia, depois de se reunir com o presidente Evo Morales

Ex-presidente colombiano diz que Trump é fator de perturbação na América Latina
Ex-presidente colombiano diz que Trump é fator de perturbação na América Latina

247, com HispanTV - "Há um novo fator de perturbação na região que é a chegada do senhor Donald Trump à presidência dos EUA, com um agenda absolutamente contrária à América Latina", disse nesta terça-feira (12) o ex-presidente da Colômbia, Ernesto Samper, em entrevista coletiva em La Paz, Bolívia, depois de se reunir com o presidente Evo Morales.

Samper, que também foi secretário geral da União das Nações Sul-americanas (Unasul) denuncia que o chefe da Casa Branca realiza uma política de construção de muros, de falta de respeito aos direitos humanos e descumpre todos os acordos, inclusive os relacionados com a mudança climática.

Nunca foi tão importante a integração no continente, explica o ex-presidente, referindo-se à questão da Venezuela. Em sua opinião, as sanções econômicas e bloqueios financeiros contra Caracas, impulsionados por Washington, tornarão ainda mais difícil a vida dos venezuelanos.

Ele acrescenta que há dois caminhos para solucionar a crise da Venezuela: um é o da "guerra e da confrontação", liderado pelos EUA com a "lamentável aquiescência passiva" do chamado Grupo de Lima. O outro é o de "um consenso em torno de uma negociação para encontrar uma saída justa e pacífica para a situação venezuelana".

Caracas, por sua parte, anunciou este na terça-feira através de seu chanceler, Jorge Arreaza, que espera que os "irmãos venezuelanos" da oposição não obedeçam aos ditames dos EUA e se sentem na mesa do diálogo".

Samper também rechaçou a presença militar estadunidense na Venezuela com o pretexto de operações humanitárias, pois isso só consolidaria uma situação de tensão na região.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Netanyahu 
Mundo

Netanyahu busca reeleição em Israel

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, lutará pela sobrevivência política, nesta terça-feira, em uma eleição bastante acirrada que pode encerrar seu domínio de 10 anos sobre a política...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247