Explosão em Beirute provoca mortes e fere centenas de pessoas

Fontes de segurança falam em pelo menos 14 pessoas mortas e cerca de 200 feridas, enquanto a Proteção Civil do Líbano mencionava 17 mortos e 100 feridos; um porta-voz do Exército libanês informou antes que a explosão ocorreu nos subúrbios de Bir El-Abed e Bir El-Abed, na região sul da capital, e foi provocada por um carro-bomba

Supporters of Hezbollah try to extinguish a fire from burning cars at the site of a car bomb in Beirut's southern suburbs, August 15, 2013. The powerful car bomb struck the southern Beirut stronghold of Lebanon's militant Hezbollah group on Thursday, kill
Supporters of Hezbollah try to extinguish a fire from burning cars at the site of a car bomb in Beirut's southern suburbs, August 15, 2013. The powerful car bomb struck the southern Beirut stronghold of Lebanon's militant Hezbollah group on Thursday, kill (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil – Uma forte explosão nos subúrbios da capital do Líbano provocou nesta quinta-feira (15) um número ainda indeterminado de mortos e centenas de feridos. Fontes de segurança citadas pela NNA, agência de notícias libanesa, falam em pelo menos 14 pessoas mortas e cerca de 200 feridas, enquanto a Proteção Civil do país mencionava 17 mortos e 100 feridos.

Um porta-voz do Exército libanês informou antes que a explosão ocorreu nos subúrbios de Bir El-Abed e Bir El-Abed, na região sul da capital, e foi provocada por um carro-bomba. Imagens divulgadas por um canal de televisão controlado pelo movimento xiita libanês Hezbollah mostram danos substanciais em prédios e vários carros em chamas.

O subúrbio de Bir al-abed já tinha sido alvo de um atentado à bomba há cerca de um mês, deixando dezenas de feridos.

O Hezbollah participa de combates na Síria ao lado das forças leais ao presidente Bashar al Assad.

Agências internacionais disseram que um grupo desconhecido, que se acredita ser uma célula de rebeldes sírios, reivindicaram a autoria do atentado.

(com Agência Lusa)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email