Extrema direita é a principal ameaça à democracia na Alemanha, avalia governo

"A ameaça à segurança relacionada à extrema direita, ao antissemitismo e ao racismo é muito alta na Alemanha", disse nesta sexta-feira (21) o ministro do Interior alemão

Polícia alemã
Polícia alemã (Foto: Reuters)

DW - O governo da Alemanha anunciou nesta sexta-feira (21/02) que vai elevar a vigilância em "locais sensíveis", o que inclui sobretudo mesquitas, mas também aeroportos, estações de trem e áreas de fronteira.

"A ameaça à segurança relacionada à extrema direita, ao antissemitismo e ao racismo é muito alta na Alemanha", afirmou o ministro do Interior do país, Horst Seehofer, da União Social Cristã (CSU). Ele não precisou por quanto tempo a medida vai vigorar.

Leia na íntegra no DW

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247