FBI inicia investigação sobre atropelamento de manifestantes antirracismo

O FBI abriu neste domingo (13) uma investigação de direitos civis sobre os acontecimentos em Charlottesville; a cidade próxima da capital Washington foi sede de uma manifestação de neonazistas que protestavam contra a remoção de uma estátua em homenagem ao general confederado Robert E. Lee; eles entraram em confronto com antifascistas e três pessoas morreram 

O FBI abriu neste domingo (13) uma investigação de direitos civis sobre os acontecimentos em Charlottesville; a cidade próxima da capital Washington foi sede de uma manifestação de neonazistas que protestavam contra a remoção de uma estátua em homenagem ao general confederado Robert E. Lee; eles entraram em confronto com antifascistas e três pessoas morreram 
O FBI abriu neste domingo (13) uma investigação de direitos civis sobre os acontecimentos em Charlottesville; a cidade próxima da capital Washington foi sede de uma manifestação de neonazistas que protestavam contra a remoção de uma estátua em homenagem ao general confederado Robert E. Lee; eles entraram em confronto com antifascistas e três pessoas morreram  (Foto: Aquiles Lins)

Agência Sputnik Brasil - O FBI abriu neste domingo (13) uma investigação de direitos civis sobre os acontecimentos em Charlottesville. A cidade próxima da capital Washington foi sede de uma manifestação de neonazistas que protestavam contra a remoção de uma estátua em homenagem ao general confederado Robert E. Lee. Eles entraram em confronto com antifascistas.

Quatro pessoas foram presas, incluindo James Fields, um homem branco de 20 anos de idade, de Ohio, e suspeito de ser o motorista do carro que atacou uma multidão que protestava contra a presença dos manifestantes neonazistas. O veículo matou uma mulher de 32 anos e feriu 19 pessoas, cinco delas criticamente.

"O FBI irá coletar todos os fatos e evidências disponíveis e, como esta é uma investigação em andamento, não podemos comentar mais no momento", afirmou o FBI por meio de um comunicado obtido pela NBC29.

A polícia da Virgínia ainda não informou o possível motivo do ataque.

As autoridades federais também estão investigando um acidente de helicóptero que matou dois policiais que estavam trabalhando no monitoramento dos protestos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247