Fim da guerra trará paz e progresso à Península Coreana, afirma Moon

O fim da guerra coreana garantirá a desnuclearização, a paz e o desenvolvimento em toda a península, afirmou na quarta-feira (26) o presidente de Coreia do Sul, Moon Jae-in, perante a Assembléia Geral da ONU

Fim da guerra trará paz e progresso à Península Coreana, afirma Moon
Fim da guerra trará paz e progresso à Península Coreana, afirma Moon

247, com Prensa Latina - O fim da guerra coreana garantirá a desnuclearização, a paz e o desenvolvimento em toda a península, afirmou na quarta-feira (26) o presidente de Coreia do Sul, Moon Jae-in, perante a Assembléia Geral da ONU.

Em sua opinião, declarar formalmente o fim do conflito será uma ferramenta a favor da segurança e da prosperidade regional, e de uma maior cooperação com a República Popular Democrática da Coreia (RPDC).

Esse passo político seria a antessala da assinatura de um tratado de paz uma vez que o Norte completar a desnuclearização, indicou.

Não obstante, Moon não associou sua proposta com o fim da aliança entre seu país e os Estados Unidos, a qual - explicou - é um assunto apenas bilateral.

As duas Coreias estão tecnicamente em guerra e puseram uma pausa às hostilidades com um armistício firmado em 1953, que seria substituído pelo acordo de paz.

Durante sua recente reunião de cúpula, Moon e o líder da RPDC, Kim Jong-un, assinaram uma declaração que, como aspecto mais destacado, incluiu a decisão do Norte de desmantelar de maneira permanente suas mais importantes instalações nucleares com a presença de especialistas estrangeiros.

Os mandatários também concordaram em transformar a Península Coreana em uma 'terra de paz sem armas nem ameaças nucleares' e Kim aceitou visitar Seul em um futuro próximo.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247