FMI decide aliviar dívida de 25 países devido à pandemia de coronavírus

No início de abril, mais de 90 países enviaram pedidos de ajuda ao FMI para lidar melhor com a pandemia. A diretora da instituição, Kristalina Georgieva, disse que a medida se traduz em doações a 25 deles para que possa cuprir suas obrigações

(Foto: Reuters | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou na segunda-feira (13) o alívio da dívida de pelo menos 25 países para ajudá-los a "lidar com o impacto da Covid-19", disse a diretora-gerente da agência, Kristalina Georgieva, em comunicado.

"Hoje tenho o prazer de dizer que nosso Conselho Executivo aprovou o alívio imediato da dívida para 25 dos países membros do FMI, como parte da resposta do Fundo para ajudar a lidar com o impacto da pandemia da Covid-19", disse Georgieva.

A diretora da instituição financeira mundial explicou que esta medida "fornece subsídios aos membros mais pobres e vulneráveis" para cobrir suas "obrigações de dívida" com o FMI durante uma fase inicial, que cobre os próximos seis meses, ajudando-os a "canalizar mais de seus escassos recursos financeiros para esforços médicos de emergência vitais", informa a Telesul.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247