França: 2017 repetirá 2002

No segundo turno daquele ano todas as forças políticas se uniram e Jacques Chirac venceu com arrasadores 82,2% dos votos válidos o fascista Jean-Marie Le Pen, da Frente Nacional (pai da Marine Le Pen), lembra Diogo Costa, em texto publicado em seu Facebook; para o articulista, "agora acontecerá o mesmo, possivelmente com menor intensidade, com o candidato do Em Marcha!, Emmanuel Macron. Todos vão se unir contra Marine Le Pen" e Macron já pode se considerar o novo presidente da França, diz ele

No segundo turno daquele ano todas as forças políticas se uniram e Jacques Chirac venceu com arrasadores 82,2% dos votos válidos o fascista Jean-Marie Le Pen, da Frente Nacional (pai da Marine Le Pen), lembra Diogo Costa, em texto publicado em seu Facebook; para o articulista, "agora acontecerá o mesmo, possivelmente com menor intensidade, com o candidato do Em Marcha!, Emmanuel Macron. Todos vão se unir contra Marine Le Pen" e Macron já pode se considerar o novo presidente da França, diz ele
No segundo turno daquele ano todas as forças políticas se uniram e Jacques Chirac venceu com arrasadores 82,2% dos votos válidos o fascista Jean-Marie Le Pen, da Frente Nacional (pai da Marine Le Pen), lembra Diogo Costa, em texto publicado em seu Facebook; para o articulista, "agora acontecerá o mesmo, possivelmente com menor intensidade, com o candidato do Em Marcha!, Emmanuel Macron. Todos vão se unir contra Marine Le Pen" e Macron já pode se considerar o novo presidente da França, diz ele (Foto: Gisele Federicce)

Por Diogo Costa, em seu Facebook

O pleito atual na França repetirá o que houve em 2002. Naquela oportunidade o presidente Jacques Chirac, de centro-direita, disputava a reeleição e o principal opositor era o socialista Lionel Jospin.

Contrariando todos os prognósticos, Lionel Jospin não conseguiu chegar ao segundo turno e perdeu a vaga - por 0,6% dos votos - para o fascista Jean-Marie Le Pen, da Frente Nacional (pai da Marine Le Pen).

No segundo turno todas as forças políticas se uniram e Jacques Chirac venceu com arrasadores 82,2% dos votos válidos.

Agora acontecerá o mesmo, possivelmente com menor intensidade, com o candidato do Em Marcha!, Emmanuel Macron - que está no segundo turno contra Marine Le Pen.

Todos vão se unir contra Marine Le Pen e Macron - salvo algo muito extraordinário que venha a acontecer - já pode se considerar como sendo o novo presidente da terra de Napoleão Bonaparte.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247