França ataca instalações petrolíferas na Síria

França lançou nesta sexta-feira, 1º, ataques aéreos contra instalações petrolíferas na Síria, perto de Raqqa, reduto do Estado Islâmico, disse o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, durante visita a uma base militar na Jordânia; "Tenho informações das operações feitas pela noite. Devemos continuar nessa direção", afirmou Le Drian a soldados e repórteres na base jordaniana de onde os Mirage 2000 decolaram para a missão

França lançou nesta sexta-feira, 1º, ataques aéreos contra instalações petrolíferas na Síria, perto de Raqqa, reduto do Estado Islâmico, disse o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, durante visita a uma base militar na Jordânia; "Tenho informações das operações feitas pela noite. Devemos continuar nessa direção", afirmou Le Drian a soldados e repórteres na base jordaniana de onde os Mirage 2000 decolaram para a missão
França lançou nesta sexta-feira, 1º, ataques aéreos contra instalações petrolíferas na Síria, perto de Raqqa, reduto do Estado Islâmico, disse o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, durante visita a uma base militar na Jordânia; "Tenho informações das operações feitas pela noite. Devemos continuar nessa direção", afirmou Le Drian a soldados e repórteres na base jordaniana de onde os Mirage 2000 decolaram para a missão (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - A França lançou nesta sexta-feira ataques aéreos contra instalações petrolíferas na Síria, perto de Raqqa, reduto do Estado Islâmico, disse o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, durante visita a uma base militar na Jordânia.

A França foi o primeiro país a se juntar aos bombardeios liderados pelos EUA no Iraque. Desde os ataques de 13 de novembro, em Paris, a nação intensificou as ações contra o Estado Islâmico na Síria, concentrando-se em Raqqa e em instalações petrolíferas.

"Tenho informações das operações feitas pela noite. Devemos continuar nessa direção", afirmou Le Drian a soldados e repórteres na base jordaniana de onde os Mirage 2000 decolaram para a missão.

(Reportagem de Marine Pennetier)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247