França, atacada por Bolsonaro pró-EUA, lidera o investimento estrangeiro no Brasil

Acaba de sair o ranking de investimento estrangeiro direto no país e a líder é a França, país sob ataque cerrado de Bolsonaro, que defende os Estados Unidos e está no poder em boa medida pela ação do centro do impédio. O ranking inclui fusões e aquisições, construção de novas instalações, reinvestimento de lucros e empréstimos. Quando é computado apenas o comércio, a China, também alvo dos ataques de Bolsonaro, é a líder

247 - Acaba de sair o ranking de investimento estrangeiro direto no país no segundo trimestre de 2019 e a líder é a França, país sob ataque cerrado de Bolsonaro, que defende os Estados Unidos e está no poder em boa medida pela ação do centro do impédio. O ranking inclui fusões e aquisições, construção de novas instalações, reinvestimento de lucros e empréstimos. Quando é computado apenas o comércio, a China, também alvo dos ataques de Bolsonaro, é a líder.

A França, lidera o ranking com US$ 8,6 bilhões (R$ 35,6 bilhões) de investimentos no Brasil no segundo trimestre deste ano. Até o final da década passada, os valores mais expressivos vinham dos EUA. Entre 2010 e 2017, a China entrou no páreo e passou e se alternar na posição de maior investidor. A partir de 2018, houve um crescimento dos franceses e italianos, informa a jornalista Mônica Bergamo.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247