França pede que China e EUA terminem guerra comercial

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse na terça-feira (5) ao presidente da China, Xi Jinping, esperar que em breve haja um acordo que encerre a guerra comercial entre o país asiático e os Estados Unidos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Esperamos que um acordo possa chegar em breve para aliviar as tensões", disse Macron pedindo que China e EUA ponham fim à guerra comercial. As afirmações foram feitas durante cerimônia de abertura da China International Import Expo (CIIE), que está sendo realizada em Xangai, informa a EFE.

Tensões que afetaram, segundo o mandatário francês, tanto a economia da União Europeia como a do resto do mundo.

"O mundo inteiro foi prejudicado", pois "ninguém vence em uma guerra comercial", afirmou o presidente, em um discurso onde fez fortes críticas ao protecionismo e defendeu uma maior conexão econômica entre os países "respeitando as particularidades de cada um".

"Hoje, a China precisa se abrir para o mundo e o resto do mundo precisa estar aberto para a China", disse Macron, em sua segunda viagem oficial ao país.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247