Francisco pede orações por passageiros desaparecidos

"Convido-vos a recordar através da oração os passageiros e o pessoal de bordo do avião da companhia Malaysia Airlines e os seus familiares, a quem transmitimos o nosso apoio nestes momentos tão difíceis", salientou o papa Francisco

Francisco pede orações por passageiros desaparecidos
Francisco pede orações por passageiros desaparecidos (Foto: FABI0 TEIXEIRA / BRAZIL PHOTO PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

O papa Francisco pediu hoje (16) aos fiéis reunidos na Praça de São Pedro, no Vaticano, que recordem os 239 passageiros a bordo do avião desaparecido há uma semana. O pontífice argentino apelou aos católicos para que transmitam solidariedade "nestes momentos tão difíceis".

"Convido-vos a recordar através da oração os passageiros e o pessoal de bordo do avião da companhia Malaysia Airlines e os seus familiares, a quem transmitimos o nosso apoio nestes momentos tão difíceis", salientou Francisco.

Um total de 25 países participam das buscas do avião desaparecido em circunstâncias misteriosas no dia 8 de março. Na intervenção, o papa dirigiu-se aos milhares de fiéis para perguntar se eles "leem o evangelho" e recomendar que levem "um pequeno e não os quatro" no bolso para lerem ao longo do dia.

"É bom ter um pequeno evangelho e levá-lo no bolso para lê-lo em qualquer momento do dia. É bom porque é Jesus quem nos fala. Não faz falta que sejam os quatro, com um basta. É o que eu faço", aconselhou o papa, avisando aos fiéis que, no próximo domingo, fará a mesma pergunta.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email