Furacão Maria ganha força e sobe para categoria 3

O Caribe se prepara para enfrentar a chegada do quarto furacão seguido: nesta segunda-feira, o furacão Maria deverá chegar à região, que ainda sofre os impactos da passagem do furacão Irma; neste domingo (17), o furacão Maria subiu de categoria e alcançou o nível 3, devendo chegar ao Caribe com ventos de até 150 km por hora

O Caribe se prepara para enfrentar a chegada do quarto furacão seguido: nesta segunda-feira, o furacão Maria deverá chegar à região, que ainda sofre os impactos da passagem do furacão Irma; neste domingo (17), o furacão Maria subiu de categoria e alcançou o nível 3, devendo chegar ao Caribe com ventos de até 150 km por hora
O Caribe se prepara para enfrentar a chegada do quarto furacão seguido: nesta segunda-feira, o furacão Maria deverá chegar à região, que ainda sofre os impactos da passagem do furacão Irma; neste domingo (17), o furacão Maria subiu de categoria e alcançou o nível 3, devendo chegar ao Caribe com ventos de até 150 km por hora (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Depois da passagem do furacão Irma, os países do Caribe se preparam para a chegada, nesta segunda-feira (18), de Maria, outro ciclone que pode ganhar força e causar danos consideráveis. O Centro Nacional de Furacões (NHC, sigla em inglês) dos EUA informou que Maria atingiu a categoria 3 enquanto se dirigia para a Martinica. Maria se transformou em um furacão no domingo (17), enquanto se dirigia para o leste do Caribe com ventos de até 150 km/h.

Com isso, os níveis de alerta foram elevados em várias ilhas do Caribe, que ainda se recuperam do furacão Irma no início de setembro. O NHC soou o "aviso de furacão" para Guadalupe, Dominica, São Cristóvão e Névis, Montserrat e Martinica, além de emitir uma "vigilância de furacão" para Porto Rico, Vieques e Culebra.

Autoridades francesas lançaram um "alerta vermelho" para ciclones para a ilha da Martinica, colônia do país europeu, antes da chegada do furacão, o que deve acontecer em torno de meio-dia (13h de Brasília). A ilha francesa de Guadalupe também foi colocada em "alerta vermelho" para ciclone a partir do meio-dia. Em nota, a prefeitura  pediu que "as pessoas não se desloquem, busquem abrigo, seja em casa, seja em um lugar seguro, e que relatem as condições climáticas por rádio".

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247