Golpe será debatido no parlamento alemão

No próximo dia 20, os deputados alemães vão debater o processo de deposição da presidente afastada Dilma Rousseff no Brasil no Bundestag, o parlamento alemão, em Berlim; discussão terá transmissão ao vivo pela internet; o debate será promovido a partir de um pedido do Partido de Esquerda, que pede ao governo alemão para que repudie o impeachment da presidente brasileira; após a decisão do Senado, a imprensa alemã chegou a tratar o afastamento como uma "injustiça histórica"; o Partido Social Democrata Alemão, o SPD, uma das mais importantes vozes políticas da Europa, divulgou uma nota contra o que chamou de golpe político-parlamentar; Berlim foi um dos palcos de protesto contra o golpe no exterior

No próximo dia 20, os deputados alemães vão debater o processo de deposição da presidente afastada Dilma Rousseff no Brasil no Bundestag, o parlamento alemão, em Berlim; discussão terá transmissão ao vivo pela internet; o debate será promovido a partir de um pedido do Partido de Esquerda, que pede ao governo alemão para que repudie o impeachment da presidente brasileira; após a decisão do Senado, a imprensa alemã chegou a tratar o afastamento como uma "injustiça histórica"; o Partido Social Democrata Alemão, o SPD, uma das mais importantes vozes políticas da Europa, divulgou uma nota contra o que chamou de golpe político-parlamentar; Berlim foi um dos palcos de protesto contra o golpe no exterior
No próximo dia 20, os deputados alemães vão debater o processo de deposição da presidente afastada Dilma Rousseff no Brasil no Bundestag, o parlamento alemão, em Berlim; discussão terá transmissão ao vivo pela internet; o debate será promovido a partir de um pedido do Partido de Esquerda, que pede ao governo alemão para que repudie o impeachment da presidente brasileira; após a decisão do Senado, a imprensa alemã chegou a tratar o afastamento como uma "injustiça histórica"; o Partido Social Democrata Alemão, o SPD, uma das mais importantes vozes políticas da Europa, divulgou uma nota contra o que chamou de golpe político-parlamentar; Berlim foi um dos palcos de protesto contra o golpe no exterior (Foto: Gisele Federicce)

247 – O golpe contra a presidente afastada Dilma Rousseff será tema de debate entre deputados alemães. O evento acontecerá no próximo dia 20 no Bundestag, a casa dos parlamentares da Alemanha, em Berlim, e terá transmissão ao vivo pela internet.

Conforme um anúncio no site do congresso alemão, a discussão será promovida depois de o Partido de Esquerda ter divulgado um pedido formal ao governo alemão para que repudiasse o impeachment da presidente brasileira.

Após a decisão do Senado brasileiro, em 31 de agosto, a imprensa alemã chegou a tratar o afastamento de Dilma como uma "injustiça histórica". O influente portal Spiegel Online qualificou o processo de "farsa", tendo sido formalmente correto, mas com base legal frágil, e ainda de "golpe" (leia mais).

O Partido Social Democrata Alemão, o SPD, uma das mais importantes vozes políticas da Europa, também divulgou uma nota contra o que chamou de golpe político-parlamentar. Num duro texto, o partido disse que "a oposição no Brasil deve retornar aos princípios democráticos. Isto significa respeitar os resultados das eleições e de luta para a mudança política através das urnas".

Como diversas outras capitais na Europa e em outros lugares do mundo, Berlim também foi palco de protestos em solidariedade a Dilma Rousseff e contra o golpe parlamentar no Brasil.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247