Governo Biden segue Trump e deporta mais de cem brasileiros em voo que chega ao Brasil na sexta-feira

Após ordem do governo americano de Joe Biden, a decolagem com mais de cem brasileiros deve acontecer por um terminal localizado no Sul dos EUA, no Texas ou no Arizona. Estima-se que cerca de 250 cidadãos do Brasil tenham sido deportados na gestão do antecessor, Donald Trump

Presidente dos EUA, Joe Biden
Presidente dos EUA, Joe Biden (Foto: REUTERS/Mike Segar)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo americano, comandado pelo presidente Joe Biden, mandará de volta ao Brasil, na próxima sexta-feira (21), mais de uma centena de brasileiros que entraram no país irregularmente. A decolagem deve acontecer por um terminal localizado no Sul do país, no Texas ou no Arizona. 

A expectativa é que o avião pouse no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte na tarde de sexta-feira com 106 brasileiros, de acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo

O governo brasileiro não aceita a inclusão no voo daqueles com possibilidade de revisão de sentença, ou que serão separados de suas famílias.

O último voo fretado com brasileiros deportados desembarcou no Brasil em fevereiro do ano passado, quando a Casa Branca era chefiada pelo então presidente Donald Trump, derrotado por Biden. Havia 130 pessoas a bordo e restavam outros 139 detidos sob custódia do Serviço de Imigração e Alfândega (ICE, na sigla em inglês) dos EUA. Estima-se que cerca de 250 cidadãos do Brasil tenham sido deportados pelo governo trumpista. 

As deportações em massa foram autorizadas pelo governo Jair Bolsonaro a partir de meados de 2019. As remoções são comunicadas pelo governo americano ao Itamaraty e à Polícia Federal.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email