Governo de Hong Kong defende diálogo para obter estabilidade

A governadora da Região Autônoma de Hong Kong, que pertence à China, defendeu o diálogo como métido para alcançar a estabilidade

Carrie Lam
Carrie Lam (Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - A chefe do Poder Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, disse que espera encontrar uma solução para a atual instabilidade no território através do diálogo pacífico e racional com seus cidadãos.

Lam manifestou sua expectativa para o diálogo em uma coletiva de imprensa na terça-feira (24).

A primeira sessão de diálogo deve ter início na quinta-feira (25), com 150 cidadãos escolhidos dentre 20 mil inscritos que desejam debater com Lam e outras autoridades.

Hong Kong tem sido abalada por grandes protestos desde junho devido a uma legislação que permitiria que suspeitos fossem enviados à China continental para serem julgados.

O governo de Hong Kong anunciou o arquivamento formal do projeto de lei de extradição no início de setembro, mas os protestos continuam.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email