Governo Macron prende mais 240 em novo protesto dos coletes amarelos

Segundo a polícia, um total de 84 mil pessoas participaram dos protestos em todo o país. O movimento dos "coletes amarelos" começou em meados de novembro passado, provocados pela alta nos preços dos combustíveis. No entanto, a pauta dos manifestantes adquiriu um caráter mais geral, ao longo dos protestos, e se transformou em uma contestação do governo de Emanuel Macron

Governo Macron prende mais 240 em novo protesto dos coletes amarelos
Governo Macron prende mais 240 em novo protesto dos coletes amarelos (Foto: Sputinik / Cristina Mestre)

Sputinik – Os protestos na França resultaram em conflito com a polícia e 240 pessoas foram presas, segundo o canal BFMTV, que citou fontes na polícia. Dos 240 detidos, 200 foram levados sob custódia policial.

Segundo a polícia, um total de 84 mil pessoas participaram dos protestos em todo o país. O movimento dos "coletes amarelos" começou em meados de novembro passado, provocados pela alta nos preços dos combustíveis. No entanto, a pauta dos manifestantes adquiriu um caráter mais geral, ao longo dos protestos, e se transformou em uma contestação do governo de Emanuel Macron.

Em 5 de janeiro, cerca de 5o mil pessoas saíram às ruas no nono sábado consecutivo de manifestações.

Os manifestantes exigem a renúncia do presidente, organizam barricadas e queimam carros nas principais cidades da França. Os conflitos com a polícia são frequentes, bem como a destruição de edifícios e saques.

Os estudantes universitários e os secundaristas se juntaram ao movimento, que está sendo comparado às manifestações de maio de 1968.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247