Guiné confirma nova epidemia de ebola após quatro mortes

Este é o primeiro ressurgimento da doença na África Ocidental, onde ocorreu o pior surto da história do vírus, que matou mais de 11.300 pessoas, entre 2013 e 2016

(Foto: Olivia Acland/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A Guiné, na África Ocidental, está vivendo uma nova “situação de epidemia” de febre hemorrágica Ebola. Pelo menos quatro pessoas já morreram em consequência da doença, cinco anos após o fim do surto anterior.

“Muito cedo nesta manhã, o laboratório de Conacri confirmou a presença do vírus do Ebola”, afirmou, neste domingo (14), o chefe da agência de saúde do país, Sakoba Keita.

Keita comanda a Agência Nacional de Segurança Sanitária (ANSS). Ele disse à imprensa que depois que uma pessoa morreu no final de janeiro em Gouecké, perto da fronteira com a Libéria, alguns parentes e amigos que estiveram no funeral, em 1 de fevereiro, começaram a apresentar sintomas de diarreia, vômito, sangramentos e febre.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email