Hollande: aprovação de acordo sobre clima pode mudar o mundo

Presidente francês pediu neste sábado 12 aos delegados que participam da conferência do clima, a COP21, em Paris, que adotem o texto do acordo que foi apresentado, o que "será um grande gesto para a humanidade"; François Hollande se dirigiu aos 196 delegados, afirmando que eles têm a "possibilidade de mudar o mundo" caso o documento seja aprovado

Presidente francês pediu neste sábado 12 aos delegados que participam da conferência do clima, a COP21, em Paris, que adotem o texto do acordo que foi apresentado, o que "será um grande gesto para a humanidade"; François Hollande se dirigiu aos 196 delegados, afirmando que eles têm a "possibilidade de mudar o mundo" caso o documento seja aprovado
Presidente francês pediu neste sábado 12 aos delegados que participam da conferência do clima, a COP21, em Paris, que adotem o texto do acordo que foi apresentado, o que "será um grande gesto para a humanidade"; François Hollande se dirigiu aos 196 delegados, afirmando que eles têm a "possibilidade de mudar o mundo" caso o documento seja aprovado (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

O presidente francês, François Hollande, pediu hoje (12) aos delegados que participam da conferência do clima, a COP21, em Paris, que adotem o texto do acordo que foi apresentado, o que "será um grande gesto para a humanidade".

Hollande falou logo depois de o presidente da conferência, o chanceler francês, Laurent Fabius, ter apresentado o projeto do acordo, que vai ser submetido ainda hoje aos participantes do encontro, em plenário.

Segundo Hollande, o documento é o primeiro acordo universal da história das negociações climáticas. "Estamos num momento decisivo", afirmou o chefe de Estado francês.

François Hollande se dirigiu aos 196 delegados, afirmando que eles têm a "possibilidade de mudar o mundo" caso o documento seja aprovado.

O acordo visa a conter o aquecimento global abaixo dos 2 graus Celsius e limitá-lo a 1,5 grau, além de prever uma verba de US$ 100 bilhões por ano para os países em desenvolvimento a partir de 2020.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email