Homem armado faz reféns em Paris

Um homem armado fez 3 pessoas de reféns em Paris e uma grande operação policial foi montada para acompanhar a situação; os motivos do homem ainda são desconhecidos mas, segundo a polícia, não parece ser um caso de terrorismo; três pessoas, incluindo uma mulher grávida, foram feitas de reféns e o agressor, que supostamente teria uma bomba e uma arma, pediu para ser colocado em contato com a embaixada iraniana

Um homem armado fez 3 pessoas de reféns em Paris e uma grande operação policial foi montada para acompanhar a situação; os motivos do homem ainda são desconhecidos mas, segundo a polícia, não parece ser um caso de terrorismo; três pessoas, incluindo uma mulher grávida, foram feitas de reféns e o agressor, que supostamente teria uma bomba e uma arma, pediu para ser colocado em contato com a embaixada iraniana
Um homem armado fez 3 pessoas de reféns em Paris e uma grande operação policial foi montada para acompanhar a situação; os motivos do homem ainda são desconhecidos mas, segundo a polícia, não parece ser um caso de terrorismo; três pessoas, incluindo uma mulher grávida, foram feitas de reféns e o agressor, que supostamente teria uma bomba e uma arma, pediu para ser colocado em contato com a embaixada iraniana (Foto: Paulo Emílio)

Sputnik - Um homem armado fez 3 pessoas de reféns em Paris nesta terça-feira (12). Uma grande operação policial acompanha a situação.

De acordo com as forças policiais, os motivos do homem ainda são desconhecidos. A polícia está no local em grande contingente e afirma que não parece ser um caso de terrorismo.

Segundo as últimas informações da agência FranceBleu, três pessoas, incluindo uma mulher grávida, foram feitas de reféns.

Foi informado que o agressor supostamente teria uma bomba e uma arma, e pediu para ser colocado em contato com a embaixada iraniana.​

Policiais adicionais, várias ambulâncias e caminhões de bombeiros chegaram ao local. A polícia está recomendando que as pessoas fiquem em suas casas e não saiam para as ruas.

A França sofreu uma série de ataques jihadistas nos últimos três anos. O país vinha mantendo um estado de emergência desde os ataques terroristas de 2015, em Paris, mas acabou suspendendo o alerta em novembro de 2017.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247