'Homem-foguete deveria ter sido tratado há muito tempo', diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a ameaçar o líder norte-coreano Kim Jong-Un. Em discurso para a campanha do senador Luther Strange, no estado de Alabama, Trump falou sobre a tensão na península da Coreia; "Não podemos ter homens loucos lá fora atirando foguetes em todo o lugar", afirmou o presidente republicano; "O homem-foguete deveria ter sido tratado há muito tempo"

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a ameaçar o líder norte-coreano Kim Jong-Un. Em discurso para a campanha do senador Luther Strange, no estado de Alabama, Trump falou sobre a tensão na península da Coreia; "Não podemos ter homens loucos lá fora atirando foguetes em todo o lugar", afirmou o presidente republicano; "O homem-foguete deveria ter sido tratado há muito tempo"
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a ameaçar o líder norte-coreano Kim Jong-Un. Em discurso para a campanha do senador Luther Strange, no estado de Alabama, Trump falou sobre a tensão na península da Coreia; "Não podemos ter homens loucos lá fora atirando foguetes em todo o lugar", afirmou o presidente republicano; "O homem-foguete deveria ter sido tratado há muito tempo" (Foto: Aquiles Lins)

Sputnik Brasil - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a ameaçar o líder norte-coreano Kim Jong-Un. Em discurso para a campanha do senador Luther Strange, no estado de Alabama, Trump falou sobre a tensão na península da Coreia.

"Não podemos ter homens loucos lá fora atirando foguetes em todo o lugar", afirmou o presidente republicano nesta sexta-feira (22). "O homem-foguete deveria ter sido tratado há muito tempo."

Durante seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) na terça-feira, Trump chamou Kim de "homem-foguete" em uma "missão suicida" e afirmou que poderia "destruir completamente" a Coreia do Norte, caso necessário.

Kim Jong-un respondeu e disse que Trump e o povo dos Estados Unidos "pagarão caro" pelas "palavras excêntricas" do presidente. Foi a "mais feroz declaração de guerra da história", disse o líder norte-coreano.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247