Homem mata três dentro de tribunal em Milão

Identificado pela imprensa italiana como Claudio Giardiello, acusado em um processo por falência fraudulenta, o homem abriu hoje fogo em uma sala do terceiro andar do Palácio de Justiça matando duas pessoas, uma delas um juiz, e ferindo várias pessoas; “O suposto assassino de Milão foi detido em Vimerceto [cerca de 30 quilômetros a nordeste da cidade]. Está neste momento na delegacia”, escreveu o ministro do Interior italiano, Angelino Alfano, no Twitter

Identificado pela imprensa italiana como Claudio Giardiello, acusado em um processo por falência fraudulenta, o homem abriu hoje fogo em uma sala do terceiro andar do Palácio de Justiça matando duas pessoas, uma delas um juiz, e ferindo várias pessoas; “O suposto assassino de Milão foi detido em Vimerceto [cerca de 30 quilômetros a nordeste da cidade]. Está neste momento na delegacia”, escreveu o ministro do Interior italiano, Angelino Alfano, no Twitter
Identificado pela imprensa italiana como Claudio Giardiello, acusado em um processo por falência fraudulenta, o homem abriu hoje fogo em uma sala do terceiro andar do Palácio de Justiça matando duas pessoas, uma delas um juiz, e ferindo várias pessoas; “O suposto assassino de Milão foi detido em Vimerceto [cerca de 30 quilômetros a nordeste da cidade]. Está neste momento na delegacia”, escreveu o ministro do Interior italiano, Angelino Alfano, no Twitter (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

O homem suspeito de ter matado duas pessoas a tiros no Palácio de Justiça de Milão hoje (9) de manhã foi detido nos arredores da cidade, anunciou o ministro do Interior italiano, Angelino Alfano. “O suposto assassino de Milão foi detido em Vimerceto [cerca de 30 quilômetros a nordeste da cidade]. Está neste momento na delegacia”, escreveu o ministro na sua conta no Twitter.

O suspeito fugiu do tribunal em uma moto, mas foi capturado pela polícia, informou o ministro.

Identificado pela imprensa italiana como Claudio Giardiello, acusado em um processo por falência fraudulenta, o homem abriu hoje fogo em uma sala do terceiro andar do Palácio de Justiça matando duas pessoas, uma delas um juiz, e ferindo várias pessoas.

O Palácio da Justiça está no centro histórico de Milão (Norte da Itália).

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247