Hong Kong realizará testes de Covid-19 em grande escala com apoio do governo central da China

Como o apoio do governo central da China aumentou sua capacidade de teste, Hong Kong iniciará uma testagem maciça para a Covid-19 em 1º de setembro, em um esforço para controlar a grave situação epidêmica

Bandeiras da China e Hong Kong
Bandeiras da China e Hong Kong (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A chefe do Executivo da Região Administrativa Especial de Hong Kong (RAEHK), Carrie Lam, anunciou o plano de testagem para a Covid-19 na sexta-feira (21) em uma coletiva de imprensa.

O governo da Região Autônoma Especial de Hong Kong disse anteriormente que os testes em larga escala, que podem cobrir milhões de pessoas, serão realizados gratuitamente e de forma voluntária.

Todos os residentes assintomáticos de Hong Kong com idade de mais de seis anos podem participar dos testes, disse o secretário do Serviço Civil do governo de Hong Kong, Patrick Nip, acrescentando que o processo está programado para durar sete dias e pode ser prolongado por não mais do que duas semanas.

A governadora Lam disse que o esquema de testes não seria possível se não houvesse apoio do governo central.

"Com todo o apoio do governo central, estamos confiantes de que podemos combater o vírus com o objetivo de permitir que as pessoas retomem suas vidas diárias normais o mais rápido possível", disse um porta-voz do governo local em um comunicado.

Qiu Hong, vice-chefe do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEHK, disse na sexta-feira que o governo central se preocupa com o bem-estar dos compatriotas de Hong Kong e que ela espera que a epidemia possa ser controlada o mais rápido possível, para que os moradores de Hong Kong possam retomar suas vidas normais, informa a Xinhua

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247