Impeachment nos EUA: democratas encerram argumentação e pedem condenação de Trump

O processo de impeachment de Trump avança no Congresso dos EUA. Nesta sexta, defesa do ex-presidente apresentará seus argumentos

Donald Trump
Donald Trump
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Os democratas encerraram suas argumentações nesta quinta-feira (11) no processo de impeachment do ex-presidente Donald Trump.

Ao concluírem suas alegações, eles pediram para que o Senado condene Donald Trump por incitar os manifestantes que atacaram o Capitólio dos Estados Unidos no dia 6 de janeiro. Eles também sustentam que Trump não demonstrou nenhum remorso posteriormente.

Para os republicanos do Senado, a apresentação foi convincente e perturbadora, mas ainda é improvável que consiga atingir a votação de dois terços necessária para uma condenação. Para isso, 17 republicanos precisariam votar que o ex-presidente é culpado.

A maior parte dos correligionários do ex-presidente ainda se apoiam no argumento de que o julgamento em si é inconstitucional, afinal Trump não é mais presidente, escreve a Bloomberg.

Nesta sexta-feira (12), a defesa de Trump exibirá seus argumentos. Há expectativa de que a apresentação dure apenas um dia. 

Os advogados de Trump planejam argumentar que os democratas capitalizaram a violência dos eventos de 6 de janeiro, e que o julgamento é inconstitucional. Eles também pretendem ressaltar o direito à livre expressão, garantido pela Constituição.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email