Índia diz que iniciará vacinação na semana que vem e nega veto a exportações

Segundo o secretário federal de Saúde, Rajesh Bhushan, a Índia está pronta para iniciar o programa de vacinação contra a Covid-19 na próxima semana. País asiático também afirmou que não proibiu as exportações de vacinas contra Covid-19

(Foto: REUTERS/Dado Ruvic)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - As autoridades de saúde da Índia estão prontas para iniciar o programa de vacinação contra a Covid-19 na próxima semana, disse a principal autoridade de saúde do país nesta terça-feira, dias depois de o órgão regulador de medicamento indiano dar autorização emergencial para duas vacinas.

O governo tomará a decisão final sobre quando iniciar precisamente a vacinação, disse o secretário federal de Saúde, Rajesh Bhushan.

O país afirmou também que não proibiu as exportações de vacinas contra Covid-19 para outras nações.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ligada ao Ministério da Saúde do Brasil, obteve junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para importar 2 milhões de doses da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford e deve pedir autorização para uso emergencial da vacina no Brasil na quarta-feira.

A vacina a ser importada é produzida pelo Serum Institute, da Índia, e havia uma informação de que a empresa indiana havia decidido não exportar o imunizante por dois meses.

Nesta terça, em uma publicação no Twitter, o presidente do Serum disse que as vacinas têm permissão para serem exportadas para todos os países.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email