Índia e Paquistão travam combates em área de fronteira e civis ficam no meio do fogo cruzado

Tropas da Índia e do Paquistão trocaram tiros de morteiro pesado na Linha de Controle em três localidades em Jammu e Caxemira. Segundo o Exército indiano, a troca de tiros aconteceu após a Índia ter impedido uma invasão no norte da Caxemira

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputink - Exércitos da Índia e do Paquistão trocaram tiros de morteiro pesado na Linha de Controle em três localidades em Jammu e Caxemira, confirmaram na sexta-feira (13) oficiais militares da Índia.

Recentemente, oficiais de segurança da Índia revelaram que alegadas tentativas do Paquistão de contrabandear terroristas para Jammu e Caxemira provavelmente aumentariam antes de forte nevada no vale, o que limitaria a passagem pela zona. A Índia acusou o Paquistão de patrocinar terrorismo na Caxemira, alegação que Islamabad, capital paquistanesa, nega.

Segundo Exército indiano, a troca de tiros aconteceu depois da Índia ter impedido invasão no setor Keran, no distrito Kupwara, no norte da Caxemira.

"Na sexta-feira [13], uma movimentação suspeita foi observada pelas nossas tropas nos postos da frente na Linha de Controle no Setor Keran. Invasão suspeita foi impedida pelas nossas tropas de alerta, o que foi acompanhado pelo início de não provocada violação de cessar-fogo pelo Paquistão na Linha de Controle do Setor Keran que disparou morteiros e outras armas. Estamos dando uma resposta adequada", informou em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa indiana, coronel Rajesh Kalia, citado pela agência AP.

O coronel indiano adicionou que disparos estão acontecendo em vários postos na fronteira entre a Índia e o Paquistão nos setores de Keran a Uri.

Esta foi a segunda tentativa de pessoas desconhecidas de atravessarem a fronteira ilegalmente. Anteriormente, três terroristas foram mortos tentando invadir o Setor Machhal entre 7 e 8 de novembro.

A Internet foi bloqueada em Kupwara, perto do Setor Keran, como medida preventiva.

Na manhã desta sexta-feira (13), o Exército paquistanês anunciou que um civil foi assassinado e outros três ficaram feridos por disparos de tropas indianas enquanto tentavam atravessar a fronteira nos setores Rakhchikri e Khanjar. O porta-voz do Exército do Paquistão declarou que tropas da Índia miraram contra civis com foguetes e morteiros.

Índia e Paquistão têm trocado acusações de violação do cessar-fogo e de atirar em civis na fronteira. Os dois países lutaram em duas guerras por Jammu e Caxemira, uma área reivindicada totalmente por ambos, mas controlada em partes. Os lados conflituosos trocam também acusações de financiamento do terrorismo. Laços diplomáticos entre Nova Deli e Islamabad pioraram quando a Índia revogou o status especial de Jammu e Caxemira em agosto de 2019.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247