Instituto cubano pede “imediata libertação” de Lula

O Instituto Cubano de Amizade com os Povos (ICAP) manifesta solidariedade com Lula em uma carta publicada na página oficial do PT; "Desde que conhecemos seu injusto encarceramento temos trabalhado ininterruptamente em prol de sua imediata libertação", indica a carta assinada pelo presidente do ICAP, Fernando González Llort

(Foto: Stuckert)

Prensa Latina - O Instituto Cubano de Amizade com os Povos (ICAP) manifesta hoje sua solidariedade com o ex-presidente Luiz Inácio Lula daSilva, em uma carta publicada na página oficial do Partido dos Trabalhadores (PT) do Brasil.

'Desde que conhecemos seu injusto encarceramento temos trabalhado ininterruptamente em prol de sua imediata libertação', indica a carta a dirigida ao ex-dirigente operário e assinada pelo presidente do ICAP, Fernando González Llort.

Explica que entendem 'a solidariedade como instrumento essencial para varrer a máquina do poder de extrema direita das oligarquias que contam ainda com o apoio mediático interno e externo, totalmente dirigido a confundir à opinião pública, e distorcer e criar um palco desfavorável em torno de sua imagem e o Partido dos Trabalhadores que representa'.

González Llort assegura que seguem de perto todos os detalhes deste processo legal falso na contramão do ex-sindicalista, que cumpre prisão desde 7 de abril de 2018 por supostos atos de corrupção.

'Sabemos das pressões às que se submeteram e entendemos a importância da unidade do espectro mais amplo de forças e pessoas de boa vontade para vencer as mentiras sobre as que têm construído ações contra você', afirma no escrito.

Elogia a firmeza de Lula de continuar lutando, como o fez toda sua vida e comunica que no Instituto se criou um grupo de trabalho sobre a Campanha pelas Causas Justas, 'um espaço em que temos levado a cabo diversas tarefas para exigir sua definitiva libertação'.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247